JoomGallery Stats

  •   5

Recebas atualizações

Não perca as atualizaçoes do site!
Receba as novidades por email.

Você também pode nos acompanhar pelo facebook, orkut e twitter.

Principal Campanhas e projetos Seja Diferente As sete drogas mais usadas
As sete drogas mais usadas PDF Imprimir E-mail
Escrito por Luiz Gonzaga dos Santos Filho   
Ter, 10 de Março de 2009 17:43
AddThis Social Bookmark Button Compartilhar este post...

Maconha


Substância alucinógena cujo princípio ativo (THC) é obtido a partir de uma planta conhecida como Cannabis Sativa.

FORMA: cigarros feitos com as folhas e brotos, secos e picados da planta;
EFEITOS PROCURADOS: sensação de bem-estar, relaxamento, aumento da percepção das imagens e das cores;
EFEITOS COLATERIAS: boca seca, diminuição da coordenação motora, prejuízo da concentração, aumento de apetite, crises de ansiedade;
ALTERAÇÕES DE COMPORTAMENTO: variação de humor, lentidão de raciocínio;
RISCOS: maior perigo de acidentes ela diminuição da atenção, quadros agudos de ansiedade e paranóia;
USO PROLONGADO: a pessoa pode ter os movimentos mais lentos e ficar desmotivada e deprimida, com diminuição da memória. Aumenta o risco de infertilidade e de câncer de pulmão.

Cocaína


Substância estimulante feita a partir de uma planta conhecida como coca e modificada em laboratório.

FORMA: pó que é aspirado ou injetado (dissolvido em água), pedra (crack) ou pasta (merla), que é fumada em “cachimbos”;
EFEITOS PROCURADOS: prazer, euforia, energia, diminuição do cansaço;
EFEITOS COLATERAIS: taquicardia, aumento da temperatura, crises de ansiedade;
ALTERAÇÕES DE COMPORTAMENTO: agressividade, delírios, irritação, depressão;
RISCOS: desejo de repetir o uso, com o aumento de doses para se chegar a efeitos ainda mais intensos. Risco de overdose e, conseqüentemente, convulsão e parada cardíaca;
USO PROLONGADO: dependência, agressividade, problemas cardíacos, alteração do sistema nervoso, sangramento nasal.

Anfetaminas


Drogas sintéticas, estimulantes do sistema nervoso, remédios (por exemplo, para emagrecimento) que passaram a ser usados de modo inadequado.

FORMA: comprimidos;
EFEITOS PROCURADOS: redução de sono e apetite, aceleração do raciocínio e euforia;
EFEITOS COLATERAIS: aceleração de batimentos cardíacos, irritação, ansiedade, insônia, impulsividade;
ALTERAÇÃO DE COMPORTAMENTO: depressão;
RISCOS: convulsão, infarto;
USO PROLONGADO: risco de dependência.

LSD (ácido lisérgico)


Droga sintética, alucinógena.

FORMA: cartela em que é pingada uma gota do ácido. A cartela é colocada sob a língua;
EFEITOS PROCURADOS: aceleração do pensamento, alucinações visuais, auditivas e táteis;
EFEITOS COLATERAIS: ansiedade, quadros paranóides (viagens de horror ou “bad trips”), transpiração excessiva, aceleração;
ALTERAÇÕES DE COMPORTAMENTO: instabilidade de humor, “flashbacks”(volta das sensações experimentadas, em geral ruins, mesmo sem o consumo da droga);
RISCOS: “bad trips”, desencadeamento de quadros psicóticos ou indução de comportamentos de risco por conta da interpretação errada da realidade.

Ecstasy


Droga sintética, um derivado de anfetamina (MDMA), estimulante do sistema nervoso central, com um componente alucinógeno.

FORMA: comprimido;
EFEITOS PROCURADOS: euforia, maior energia, aumento da sensibilidade corporal e do desejo sexual;
EFEITOS COLATERAIS: boca seca, náusea, sudorese, aumento da freqüência cardíaca e da pressão arterial e hipertermia (aumento da temperatura do corpo), exaustão;
ALTERAÇÕES DE COMPORTAMENTOS: depois dos efeitos, pode haver sensação de depressão;
RISCOS: morte por hipertermia e desidratação;
USO PROLONGADO: tóxico para o sistema nervoso central;

Quetamina (Special K)


Droga sintética, depressora do sistema nervoso central, com efeitos levemente alucinógenos. Anestésico de uso humano ou veterinário, que é utilizado de forma indevida.

FORMA: líquido ou um pó branco que pode ser aspirado ou misturado com tabaco ou maconha;
EFEITOS PROCURADOS: euforia, alucinações;
EFEITOS COLATERAIS: náusea, vômitos, sedação leve, perda de coordenação motora;
ALTERAÇÕES DE COMPORTAMENTO: pensamentos fantasiosos, com caráter de sonho, alterações do humor, depressão, ansiedade, paranóia, “flashbacks”;
RISCOS: convulsão e morte. Sedação pode expor a riscos;
USO PROLONGADO: risco de dependência, prejuízo de memória.

GHB (Gamahidroxibutirato)


Droga sintética, depressora do sistema nervoso central, também chamada de ecstasy líquido.

FORMA: líquido ou um sal, normalmente diluído em água, com efeitos semelhantes aos do álcool;
EFEITOS PROCURADOS: euforia, sensação de energia, desinibição;
EFEITOS COLATERAIS: tontura, descoordenação motora, náusea e redução do nível de consciência;
RISCOS: intoxicações intensas, com risco de coma. Dosagens mais elevadas podem ser fatais. Combinação com álcool é extremamente perigosa. Seu uso tem sido descrito em casos de violência sexual e estupros;
USO PROLONGADO: risco de dependência.


FONTE:
Folha de São Paulo de 20 de junho de 2004.
Última atualização em Ter, 10 de Março de 2009 17:53
 

Enquete

Qual o show que mais te marcou?
 

Fique por dentro!

Cadastre-se e receba nosso boletim virutal: o GANzeta!



Últimas do twitter

Tv Gan

Confira nosso canal no youtube! Vídeos exclusivos - clipes, entrevistas, trechos de apresentações...

Twitter

Também estamos no Twitter! Entre em nosso perfil: twitter.com/artenascente e nos acompanhe por lá também! Follow us!

Abrarte

ABRARTE
O Grupo Arte Nascente é filiado à ABRARTE (Associação Brasileira de Artistas Espíritas).
Conheça mais sobre a Abrarte!